EME DOCTORS ESTÁ COM INSCRIÇÕES ABERTAS PARA PÓS-GRADUAÇÃO EM PSIQUIATRIA

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), 322 milhões de pessoas em todo o mundo vivem com depressão. O que representa um aumento de 18,5% entre 2005 e 2015. Os dados são do relatório Depressão e outros Transtornos Mentais Comuns – Estimativas Globais de Saúde, o mais recente levantamento da OMS sobre este problema de saúde.

A pesquisa revela ainda que o número total estimado de pessoas com transtornos de ansiedade no mundo é 264 milhões. Com relação à mortalidade, somente devido ao suicídio, no ano de 2015, foram mais de 780 mil óbitos. Segundo a OMS, suicídio representa cerca de 1,5% de todas as mortes no planeta. 

O Brasil também apresenta dados preocupantes. São 11,5 milhões de brasileiros com transtornos depressivos, o que equivalente a 5,8% de toda a população, o segundo país das Américas com a maior recorrência de casos, atrás apenas dos Estados Unidos que totaliza quase 17,5 milhões de pessoas com desordens mentais. 

Números que podem ser ainda mais alarmantes em 2020. Estudos já indicam que a pandemia de coronavírus agravou os casos de estresse, depressão, ansiedade, medo, raiva e tristeza profunda. A Organização das Nações Unidas (ONU) alertou para os impactos da crise sobre a saúde mental e o bem-estar da sociedade. O Resumo de Política: COVID-19 e a Necessidade de Ação em Saúde Mental, de maio de 2020, destaca que vários países registraram níveis mais altos do que o normal de sintomas de depressão e ansiedade.

Um estudo no Estado Regional de Amhara, Etiópia, em abril de 2020, relatou uma taxa de prevalência estimada de 33% de sintomas consistentes com transtorno depressivo, aumento de três vezes em comparação com as estimativas da Etiópia antes da epidemia. No Canadá, estatísticas também apontam que 20% da população de 15 a 49 anos passou a consumir mais álcool desde o começo do enfrentamento ao coronavírus.

“À medida que o fardo econômico da COVID-19 aumenta, um custo semelhante para a saúde mental das pessoas pode ser antecipado, com um grande impacto sobre os indivíduos, famílias e a sociedade em geral”, alerta a ONU.

Diante deste cenário é fundamental a capacitação dos médicos para tratar estes transtornos e para evitar que as estatísticas tornem-se ainda mais trágicas. Desta forma, a EME Doctors, conectada com a realidade mundial e com as áreas médicas de maior crescimento no Brasil e no mundo, lança a Pós-graduação em Psiquiatria que vai oferecer a médicos de todas as especialidades um conhecimento aprofundado sobre transtornos psiquiátricos e todas as suas peculiaridades. 

A Pós-graduação

Com inscrições abertas (?) e início previsto para março de 2021, a Pós-graduação em Psiquiatria será realizada em formato híbrido com aulas teóricas e práticas presenciais, e complemento de estudo on-line. As disciplinas serão ministradas por renomados professores e as aulas presenciais realizadas na sede da EME Doctors, localizada em Balneário Camboriú (SC), com moderna e excelente infraestrutura. 

A Pós-graduação em Psiquiatria permitirá ao médico aprimorar a sua formação por meio de fundamentos teóricos e práticos da psiquiatria, para atuar com as complexidades inerentes da especialidade, promovendo uma melhor qualidade dos serviços médicos prestados. Será fundamental também para os médicos que atendem em clínica geral para que tenham maior segurança e expertise na hora de atender a enorme demanda de saúde mental tão frequente na rotina dos ESF´S, Pronto Atendimentos e Unidades Hospitalares. 

Entre os diferenciais do Curso destacam-se:

  • Carga horária de 492 horas distribuídas em módulos mensais ao longo de 20 meses.
  • Curso presencial com interações em Ambiente Virtual de Aprendizagem (EAD) + Discussão de Casos Clínicos com simulações, análise de vídeos, filmes e dramatizações e um Evento científico ao final do curso;
  • Coordenação, professores e docentes convidados especialistas e experientes na área da Psiquiatria;
  • Instalações modernas, adequadas e com tecnologia avançada para a aprendizagem acadêmico-científica.

O conteúdo pedagógico inclui: 

  1. Psicopatologia, Psicofarmacologia e Interações Medicamentosas em Psiquiatria
  2. Transtornos do Humor
  3. Esquizofrenia, Transtorno Esquizoafetivo e outros Transtornos Psicóticos
  4. Transtornos de Ansiedade
  5. Dependência Química e Transtornos Mentais Relacionados
  6. Transtornos Alimentares e Obesidade
  7. Transtornos de Personalidade
  8. Transtornos Conversivo-Dissociativo e Somatoforme
  9. Transtornos da Sexualidade e Transtornos Mentais associados ao Ciclo Reprodutivo Feminino
  10. Emergência, Internação, Suicídio e Tentativa de Suicídio
  11. Ética e Pesquisa em Psiquiatria
  12. Psiquiatria da Infância e Adolescência
  13. Psicogeriatria
  14. Transtornos Mentais Relacionados ao Trabalho
  15. Psiquiatria Forense e Pericial
  16. Psicologia – noções sobre os tipos de abordagens e aplicabilidade
  17. Metodologia da Pesquisa 
  18. Trabalho de Conclusão do Curso 

“A Pós Graduação Lato Sensu é o primeiro passo para o médico que deseja tornar-se especialista na área possa se diferenciar no mercado de trabalho, com uma meta futura de melhor remuneração”, garante a CEO da EME Doctors, Flávia Del Valle.

As inscrições para a Pós-graduação em Psiquiatria estão abertas e podem ser feitas pelo …..